Rich Froning

Rich Froning e sua fé no CrossFit

Foi proposital este título ambíguo, confesso. A fé de Rich Froning não está no CrossFit, mas meramente em Deus. Muitos chamam de fanatismo ou “coisa de igreja ou religião”. Mas a verdade é que o jovem tricampeão dos CrossFit Games, considerado The Fittest Man on Earth (2011-2013), utiliza seu ambiente de trabalho como forma de professar sua fé. Ou seja, no CrossFit, Rich Froning realmente testemunha sua fé cristã, independentemente dos resultados atingidos e, desta forma, sua constante busca está em ser um instrumento nas mãos de Deus.

First, Rich FroningApós ler sua autobiografia e assistir a vários vídeos de suas participações nos jogos, percebe-se claramente que, seja por meio de símbolos (tatuagens, bandanas ou roupas) ou de atitudes (concentração, cordialismo e foco), Froning é realmente diferente. Aos 26 anos, o rapaz que saiu do nada (Rich é de uma pequena cidade no Tennessee, chamada Cookeville), já foi bombeiro, instrutor físico e passou por algumas fortes perdas em sua família (perdeu dois primos em acidentes – um automobilístco e um tiro acidental). No mundo do CrossFit, é referência de superação, disciplina, autoconfiança e, principalmente, simplicidade.

Faz algum tempo que tenho dedicado boa parte de minhas leituras a autobiografias de grandes nomes do esporte. E esta extrema dedicação é comum a todos eles. Talvez algumas pessoas não considerem saudável tal prática, alegando não ser possível tamanha abdicação de uma rotina “normal” sem que haja grandes perdas em outras áreas importantes da vida, como a familiar, social e até em sua saúde. De certa forma, até entendo e corroboro em partes com o pensamento, afinal, é rotina ver atletas de alto nível com diversos problemas físicos decorrentes da excessiva carga de exercícios a qual se submetem. Outros, de maneira semelhante, esquecem-se de dar atenção àqueles que o amam e precisam receber seu amor, sempre priorizando suas ambições profissionais e cedendo também às paixões provenientes do sucesso. Rich Froning certamente deve ter momentos em que precise ser lembrado de que ele é um rapaz talentoso, com diversas qualidades, mas, at the end of the day, é apenas alguém com os mesmos desafios de qualquer outro ser.

Comecei a praticar CrossFit há cerca de um mês. Obviamente que, ao ler sobre os números atingidos por Froning, intriguei-me com a capacidade física e resistência que ele possui. É um grande incentivo para quem está buscando melhorar a força, resistência e condicionamento físico. Só para ter uma ideia, veja alguns números do cara: consegue fazer 75 pull-ups, levanta 247kg no deadlift, 140kg no snatch, 170kg no clean and jerk e 202kg no squat.

Mesmo impressionado com seus números e seu tricampeonato, por outro motivo que realmente percebi que Froning é diferente. E sua principal diferença está na coragem de não permitir que seja lembrado como o “Rich Froning do CrossFit”. Como ele mesmo diz, “eu determinei que meu propósito seria dar glória a Deus em tudo que eu fizesse. O CrossFit não mais seria sobre mim, mas uma maneira de glorificar a Deus publicamente”. Sua atitude pode parecer ridícula para muitos, mas, mesmo ridiculamente, Froning continua buscando seu maior objetivo sem deixar ser impressionado ou levado pelas opiniões alheias.

Um verdadeiro campeão é aquele que reconhece que toda a honra, glória e poder pertencem ao único Deus. E Froning marcou em sua pele para que nunca se esqueça desta verdade: “Quanto a mim, que eu jamais me glorie, a não ser na cruz de nosso Senhor Jesus Cristo, por meio da qual o mundo foi crucificado para mim, e eu para o mundo.” (Gálatas 6:14).

Nenhum comentário.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *